Já com a programação provisória divulgada no site do evento, o GT Formação de Educadores na Linguística Aplicada foi consultado pela diretoria da ALAB sobre a possibilidade de inserir um tema de muita relevância para os participantes. O GT resolveu abrir este espaço. Esperamos contar com a presença de todos sessão ALAB no CLAFPL, cujo resumo segue abaixo.

Reflexões sobre as licenciaturas em línguas estrangeiras à luz da Resolução 02/2015/CNE : possíveis cenários

Kyria Rebeca Finardi/ALAB/UFES
Rogério Tilio/ALAB/UFRJ
Vládia Maria Cabral Borges/ALAB/UFC
Adriana Kuerten Dellagnelo/ALAB/UFSC

Este painel tem como objetivo apontar alguns aspectos da Resolução n.2 de 1o de julho de 2015, do Conselho Nacional de Educação, que têm implicação direta nos cursos de licenciaturas em línguas estrangeiras. A partir da contextualização dos pontos de interesse desse documento, pretendemos abrir espaço para diálogos sobre as diversas interpretações e possíveis adequações institucionais das licenciaturas à referida resolução. O propósito deste momento de reflexão é levantar subsídios para elaborar um documento a ser encaminhado pela Associação Brasileira de Linguística Aplicada (ALAB) ao Conselho Nacional de Educação (CNE), pontuando os possíveis cenários e desdobramentos da implantação da resolução.

Palavras-chave: Resolução 02/2015/CNE, licenciaturas em línguas estrangeiras.