Esta sessão, já tradicional nas outras edições do CLAFPL, traz um panorama da situação do ensino de línguas e da formação de professores de línguas em cada um dos países representados. Cada participante discorre brevemente sobre os desafios e experiências em seu país. Ao final, um tempo é destinado a perguntas da plateia.

Beatriz Gabbiani

País: Uruguai

Realizou doutorado em Letras na Universidad Nacional del Sur, Bahía Blanca, Argentina. É professora na Universidad de la República, Uruguai. Atua na Linguística Aplicada nas áreas de ensino de línguas maternas e adicionais, sociolinguística interativa com foco na interação em sala de aula.

Diego Muñoz Campos

País: Chile

Realizou doutorado em Literatura Hispano-americana na Universidade de Minesotta, EUA. É professor na Universidad Catolica de Maule, Talca, no Chile. Tem larga experiência no ensino de inglês e na formação de professores de línguas. Atua nas áreas de pedagogia das línguas, estágios curriculares, perspectivas críticas, aprendizagem baseada em projetos, educação situada, teoria de sistemas, planejamento do trabalho docente e desenvolvimento profissional de professores.

Jaime Alonso Usma Wilches

País: Colômbia

Realizou doutorado em Currículo e Instrução na Universidade de Wisconsin, EUA. É professor na Universidad de Antioquia, na Colombia. Atua nas áreas de desenvolvimento profissional do formador, políticas linguísticas e perspectivas críticas. É autor do livro From Transnational Language Policy Transfer to Local Appropriation: The Case of the National Bilingual Program in Medellin, Colombia.

José Luis Ramirez-Romero

País: México

Realizou doutorado em Educação na Universidade da California, em Los Angeles, EUA. É professor na Universidade de Sonora, no México. Suas áreas de interesse são: formação de professores, tecnologias e ensino de línguas estrangeiras. É autor de vários livros com investigações sobre o ensino de línguas estrangeiras no México, sobre o ensino nas escolas públicas nesse país. Foi coordenador de um número especial sobre o ensino de inglês nas escolas públicas da América Latina.

Walkyria Monte Mór

País: Brasil

Realizou doutorado em Linguagem e Educação pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado na Universidade de Manitoba, Canadá, onde é pesquisadora adjunta do Center for Globalization and Cultural Studies. É professora Livre-Docente da Universidade de São Paulo. Co-coordena o Projeto Nacional de Letramentos: Linguagem, Cultura, Educação e Tecnologia (2015-2019)Co-coordena o Projeto Piloto Universidade de São Paulo (USP) - Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (UIUC, EUA), 2017-2018. Suas pesquisas recentes concentram-se em Linguagem e Educação, Novos Letramentos, Multiletramentos, Crítica e Construção de Sentidos, Pedagogia Crítica, Formação de Professores. É co-autora das Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Línguas Estrangeiras (MEC/2006) e autora dos Cadernos de Orientações Didáticas para EJA-Línguas Estrangeiras (Secretaria Municipal de Educação de São Paulo/2010).